Na tarde desta quinta-feira (05), os vereadores de oposição Afrânio Pimentel (PR), Dr. Marcus Vinícius (PTdoB) e Pábio Mossoró (PSDB), encaminharam-se até a sede do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), para apurar denúncias realizadas pela comunidade valparaisense.

A ação oposicionista foi motivada devido a várias denúncias recebidas pelos vereadores do município goiano. Os moradores reclamam do péssimo atendimento que vem assolando a cidade nas últimas semanas e também denunciam que as duas ambulâncias do SAMU que deveriam atender a população estão quebradas.

IMG_20151105_165835

Foto: Marcelo Carlos – Vereadores de oposição vão até o SAMU após denúncias da comunidade.

Ainda nesta tarde, acompanhamos os vereadores de oposição em visita realizada a Base Descentralizada de Valparaíso, que se encontrava com os portões fechados e sem as ambulâncias em sua garagem completamente vazia.

IMG_20151105_165956

Foto: Marcelo Carlos – Encontramos a garagem do SAMU completamente vazia.

Na oportunidade, os legisladores foram recebidos por um servidor não identificado que apareceu na janela do prédio pedindo para que os mesmos aguardassem. Como vocês podem observar na foto abaixo:

IMG_20151105_165733

Foto: Marcelo Carlos –  Vereadores são recebidos pela janela e tomam chá de espera. Nenhum responsável atendeu os oposicionistas em visita realizada a Base Descentralizada do SAMU de Valparaíso.

Depois de cerca de 20 minutos de espera e sem nenhum atendimento ou resposta dos responsáveis, os representantes políticos seguiram com destino à oficina mecânica onde encontraram ambas as ambulâncias quebradas.

O gerente do estabelecimento informou aos vereadores e a nossa equipe que os veículos do SAMU estão parados nas dependências da oficina, devido à falta de pagamento por parte da Prefeitura Municipal e Secretária de Saúde. Os problemas nas ambulâncias também nos foram informados, um veículo segue com problema no câmbio e o outro no motor. A dívida da Gestão Municipal com a Oficina Mecânica já ultrapassa os R$ 100 mil. 

Ambulâncias

Foto: Marcelo Carlos – Ambulâncias não são consertadas devido à falta de pagamento da Gestão Municipal.

Por Marcelo Carlos