Vasco ainda sonha repatriar zagueiro Dedé em 2020

Clube estreia daqui a dez dias contra o Bangu

O Vasco da Gama voltou a treinar, nesta quinta-feira (9), no CT do Almirante, na zona oeste do Rio de Janeiro. Na reapresentação dos jogadores, o treinador Abel Braga falou das muitas caras novas do elenco.

“Muito garoto, e a gente espera que eles possam nos ajudar. Vai ser um ano focado na juventude”.

Às voltas com dificuldades financeiras, o clube não está conseguindo contratar reforços para a temporada. “Está difícil, um pouco complicado por situações diversas. Há o caso de um jogador que a esposa não quer morar no Rio, e outros ficam preocupados achando que o Vasco tem problemas exagerados. Eles são sérios, mas estão sendo administrados e controlados”, disse Abel Braga.

O colombiano Fredy Guarín foi a ausência mais notada na reapresentação dos jogadores. Com salários atrasados, o volante não deve renovar com o clube, que ainda sonha em repatriar o ídolo Dedé. O zagueiro de 31 anos deixou o clube sete anos atrás, mas ainda é cultuado como mito em São Januário. “Ele é incrível, se transforma em dois, três dentro da área. Vamos esperar, se ele vier será bem-vindo”, analisou Abel, que treinou Dedé no Cruzeiro em 2019.

O Vasco estreia dia 19 de janeiro contra o Bangu pelo Campeonato Carioca.

Com a colaboração da Agência Brasil
dedê

Dedê pode retornar para o Vasco. (Foto: Reprodução)

Compartilhe esta matéria!