(Foto: Alô Valparaíso)

Compartilhe esta matéria!

Valparaíso tem calor de 36º na tarde desta quarta-feira (07)

Temperatura acende um sinal de alerta na cidade goiana

A onda de calor segue assolando o município de Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Os efeitos das altas temperaturas trazem sérios riscos à população. O perigo é tanto que um sinal de alerta foi emitido na última terça-feira (06/10) pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

As temperaturas previstas para os próximos dias, mostram que os valparaisenses devem redobrar os cuidados, pois o atual clima pode comprometer a saúde ou até mesmo levar à morte.

Na tarde desta quarta-feira (07/10), a cidade goiana registrou a máxima de 36º, com a umidade do ar alcançando 33% e ventos de 17km/h. De acordo com o portal Climatempo, não há probabilidade de chuva, que é esperada apenas após o dia 10 deste mês.

O sol escaldante tem surpreendido muitas pessoas, que não esperavam dias tão quentes e secos. “Sempre no fim do dia, estou fazendo passeios e procurando o Parque Ecológico. Não aguento ficar no condomínio”, disse Elizabeth Souza, moradora do Parque Rio Branco.

O vendedor de picolé e morador do Jardim Céu Azul, Gilson Fernando, agradece o calor que impulsionou suas vendas no bairro e em outras regiões de Valparaíso. “Tomara que continue. Estou gostando do clima e lucrando bastante”, afirmou o jovem.

Dicas para cuidar da saúde e enfrentar o calor

– Quando estiver praticando exercícios físicos, há necessidade de tomar ainda mais água;

– Lembre-se de beber água. O ideal é tomar 2,5 litros de água por dia;

– No calor, o organismo perde líquido além do normal. Então, quando estiver quente, não se esqueça de beber mais água;

– Se a urina está escura, é sinal de que o organismo está economizando água. Beba água até a urina atingir uma tonalidade clara e mantenha a cor;

– A comida é uma grande fonte de líquidos, por isso consuma alimentos ricos em água;

– A sede é o sinal mais importante de que o organismo está necessitando de muita água. Não deixe de beber água ao sentir sede.

Da Redação do Alô Valparaíso/