O primeiro dia de aula na Escola Municipal Chico Mendes, unidade educacional localizada no bairro Etapa C, em Valparaíso de Goiás, foi marcado por mais um descaso com a educação municipal. Desta vez a mazela traz riscos à saúde de centenas de crianças.

O abandono ao entorno do prédio da escola pública causou a revolta de muitas pessoas. Um pai procurou o Alô Valparaíso e nos contou que o lugar está cercado de mato alto, um fato perigoso que atrai muitos animais peçonhentos e diversos insetos para as mediações da instituição de ensino. 

 “Foi assim que meus filhos foram recebidos hoje na Escola Chico Mendes: totalmente vulneráveis ao Aedes e a insetos e repteis que rodeiam a escola que está, também, próxima a um bosque. Por ser a prefeita uma professora, eu confesso que eu esperava que meus filhos fossem tratados com mais amor, mas se não há amor por nossas crianças, pelo menos com mais respeito. Mas é como diz o vice-prefeitável, Clarindo Moura, se não está satisfeito com Valparaíso, mude-se daqui. Mas eu não vou mudar. Eles é que terão que aprender a tratar com zelo daquilo que é público”, disse o pai de alunos da escola. Ele prefere não se identificar por medo de represálias.

A comunidade escolar teme que o matagal torne-se um grande criadouro do Aedes Aegypti, o mosquito transmissor da dengue e de outras doenças. Em tempo de combate ao Zika vírus, o povo espera mais atitude da Prefeitura Municipal de Valparaíso.

É possível perceber a falta de manutenção no local, o mato alto registrado nas fotos enviadas pelo pai denunciante é uma prova disso. A triste realidade gera medo em pais, professores e alunos, todos pedem a limpeza do entorno da escola que seria o primeiro passo para resolver o problema. 

Por Marcelo Carlos