O reflexo de uma má gestão da educação mais uma vez leva Valparaíso de Goiás para uma posição desconfortável segundo dados divulgados pelo Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP).  A cidade goiana do Entorno de Brasília amarga a 3563ª posição no ranking nacional com uma média de 4,0.

A pesquisa revelou que entre as 500 cidades com a melhor educação do Brasil, apenas 8 estão em Goiás. A primeira goiana a aparecer no ranking é a cidade de Itapuranga, no centro do estado, a 160km de Goiânia. Conforme os dados do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), a cidade aparece na 198ª posição.

Além de Itapuranga, outras oito cidades de Goiás também aparecem na lista, são elas: Lagoa Santa (225º), Três Ranchos (328º), Goianésia (331º), Buriti de Goiás (407º), Rio verde (442º), São Miguel do Araguaia (462º) e Urutaí (467º).

O índice leva em conta a qualidade da formação dos professores nas escolas, a média de hora aula por dia, a experiência dos diretores no cargo e o atendimento na rede de educação infantil.

A pesquisa considera todas as redes municipais de ensino (público ou privado), onde estudam todas as crianças e adolescentes em idade escolar (0 a 17 anos), e pontua os municípios em uma escala de 0 a 10. A nota de Itapuranga é de 5,3, acima da média nacional, que é de 4,5.

Por Marcelo Carlos (com informações de IOEB/Revista Exame/Jornal Opção)

Foto: O Despertar

casa