Compartilhe esta matéria!

Valparaíso: aulas remotas serão retomadas no dia 8 de março, após decisão unânime de Comissão Intersetorial

 
Grupo definiu presidente, vice e secretária, em reunião realizada nesta segunda-feira (25), de acordo com a SME

A Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio da Portaria Nº 004, de 19 de janeiro de 2021, instituiu a Comissão Intersetorial para elaboração e monitoramento do Plano de Retorno das Aulas e Atividades presenciais da Rede Pública Municipal de Ensino.

Nesta segunda-feira, 25 de janeiro, na sede da SME, aconteceu, uma reunião onde foi decidido por unanimidade, que o retorno das aulas remotas nas unidades públicas municipais, acontecerá no dia 08 de março de 2021. Ainda não existe uma previsão para o retorno das aulas presenciais.

A Comissão é composta pelos seguintes órgãos: Vigilância Sanitária, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Câmara Municipal de Valparaíso, Conselho Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Governo, Secretaria Municipal de Educação, Gestores Escolares das Unidades Públicas, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania e Sindicato dos Servidores Públicos e Empresas Públicas Municipais.

Representantes constituídos 

Foram escolhidos como presidente da Comissão Intersetorial, Adriany Damasceno, diretora de Ensino e Gestão Pedagógica da SME; a vice Thaís Palmeira, coordenadora da Divisão de Fiscalização de Vigilância Sanitária (Susfim); e a secretária Luciana Rocha, que é diretora da Escola Municipal Marcus Antonio Salerno.

Responsabilidade e defesa da saúde

A Secretaria de Educação, Rudilene Nobre, garante que o momento é de respeitar os protocolos e medidas de segurança antes da volta de alunos e professores às salas de aulas das escolas municipais. “Estamos caminhando com responsabilidade e trabalhamos para que os servidores participem das decisões e sejam primordiais neste processo”, completou a gestora.

Segundo a presidente da Comissão Intersetorial, Adriany Damasceno, o objetivo da união de esforços é resguardar alunos, pais, professores e demais profissionais da Educação, no retorno às aulas. “Enquanto existir e se falar em pandemia, a Comissão estará em ativa”, salientou.

De acordo com Claudio Hugo Melo, do Conselho Municipal de Educação (CME), os encontros são fundamentais para a garantia de planejamento e promoção de um trabalho de conscientização. “O CME tem essa preocupação externa. Pensar no coletivo e compartilhar a responsabilidade”, afirmou o representante da entidade.

O secretário municipal de Governo, Dr. Roberto Martins, destacou a indispensabilidade de se dividir a responsabilidade. “Sabemos da importância do retorno das aulas. Mas também de zelar pela saúde de alunos, professores e todas as pessoas envolvidas no processo de ensino-aprendizagem”, expressou o gestor.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da SME