Compartilhe esta matéria!

UnB suspende aplicação das provas do processo seletivo para Mestrado Profissional

A Universidade de Brasília e a Escola de Governo de Goiás informam que a prova objetiva do processo seletivo para o Mestrado Profissional em Economia do Setor Público (MESP), que seria realizada no próximo domingo (07/03), será adiada em razão do Decreto da Prefeitura de Goiânia, que estabelece a suspensão das atividades não essenciais no município pelo período de sete dias

A Universidade de Brasília (UnB) e a Escola de Governo de Goiás informam que a prova objetiva do processo seletivo para o Mestrado Profissional em Economia do Setor Público (MESP), que seria realizada no próximo domingo (07/03), será adiada em razão do Decreto da Prefeitura de Goiânia n° 1.646, de 27 de fevereiro de 2021, que estabelece a suspensão das atividades não essenciais no município pelo período de sete dias.

A suspensão das atividades é uma medida obrigatória de enfrentamento de emergência de saúde pública em razão da pandemia da Covid-19. Diante do atual cenário, após o diálogo entre a Secretaria da Administração do Estado de Goiás, cuja Superintendência da Escola de Governo é vinculada, e o Departamento de Economia da UnB optaram pelo adiamento das provas. 

Os candidatos inscritos no Processo Seletivo para o MESP devem ficar atentos aos comunicados e retificações do edital, em que a nova data de aplicação das provas será definida.

Sobre o processo seletivo

O primeiro Mestrado Profissional em Economia do Setor Público (MESP) é destinado, exclusivamente, para servidores públicos do Poder Executivo do Estado de Goiás. A parceria inédita entre o Governo de Goiás e a Universidade de Brasília (UnB), disponibilizará 30 vagas gratuitas para o curso stricto sensu. 

A seleção tem duas etapas: prova objetiva e análise curricular, com observância ao histórico escolar e texto de apresentação de candidatura. A duração do mestrado será de 24 meses, com aulas virtuais e presenciais, nas dependências da Escola. A carga horária total é de 480 horas. 

O processo seletivo é de responsabilidade da Universidade de Brasília. O resultado final e a data da aula inaugural devem sofrer alterações em virtude do adiamento da prova teórica.

Com as informações da Sead-GO