Um dos bandidos mais procurados do país, por envolvimento em seqüestros de grandes empresários, ataques a bancos e carros-fortes, está morto. Trata-se de César Almeida de Carvalho, 44 anos, o “Alemão” ou “Aleijado”. Mesmo sendo cadeirante, o criminoso era apontado como um dos delinqüentes mais perigosos do país. Operava armas de grosso calibre, como fuzis e até metralhadoras de calibre ponto 50, artefato antiaéreo.

O bandido foi morto numa operação do Grupo Antirroubo a Bancos da Polícia Civil do Estado de Goiás. Ele era caçado também naquele estado onde sua quadrilha praticou diversos ataques a carros-fortes, matando vigilantes e roubando grandes somas em dinheiro.

A morte do assaltante aconteceu na última quarta-feira,dia 05, mas somente foi divulgado na sexta (7). “Alemão” estava escondido numa residência no bairro Setor Veiga Jardim IV, em Aparecida de Goiânia, onde planejava os próximos ataques de seu bando, segundo a Polícia Civil.

Durante a operação, ele e um comparsa, identificado como Valdenir dos Anjos Martins, 36, reagiram a tiros no momento em que a casa foi cercada pelos policiais civis que cumpriam mandados de prisão. Os dois foram baleados e mortos.

Segundo a Polícia de Goiás, um dos grandes assaltos comandados por “Alemão” naquele estado aconteceu em 2014, na rodovia federal BR-153, entre as cidades de Morrinhos e Goiatuba. Na ocasião, “Alemão” e seus liderados atacaram um carro-forte e o explodiram, causando a morte de três vigilantes. “O primeiro era o chefe da quadrilha. Ele era cadeirante e responsável por operar um fuzil .50 que fazia os veículos de transporte de valores parar. O segundo fazia a segurança de do César e também integrava a quadrilha”, explicou o delegado Alex Vasconcellos.

Via PC-GO