Compartilhe esta matéria!

Tudo sobre o retorno às aulas presenciais na rede estadual de Goiás

 
Segundo a Seduc-GO, a prioridade do retorno das aulas é para alunos sem acesso à internet ou não acompanharam o Reanp, no ano passado

A rede estadual de ensino de Goiás retoma as aulas presenciais em algumas escolas a partir de 25/1. A prioridade de retorno é para os estudantes sem acesso à internet ou que não acompanharam as aulas do Regime Especial de Aulas Não Presenciais (Reanp) em 2020.

Cada unidade escolar poderá decidir se há ou não a possibilidade de retomar as aulas presenciais, de acordo com a situação epidemiológica de seu município. Essa decisão deverá ser coletiva e terá a validade de 30 dias.

Nas escolas em que as aulas presenciais forem retomadas parcialmente, o retorno será realizado conforme as deliberações do Centro de Operações de Emergências (COE) em Saúde Pública de Goiás para Enfrentamento ao Coronavírus, respeitando o limite de até 30% da capacidade das instituições. Nesse caso, as atividades ocorrerão de forma híbrida, com até 30% dos alunos em regime presencial e os demais em regime não presencial.

Documentos sobre o retorno das aulas presenciais em Goiás

Para nortear e regulamentar o retorno das aulas presenciais na rede estadual, o Governo de Goiás elaborou o Protocolo de Biossegurança, o Guia da Família e também um Plano de retomada. Baixe e leia os documentos abaixo:

Protocolo de Biossegurança para as escolasBaixar

Guia da Família para retomada das aulas presenciaisBaixar

Plano de retomada das atividades escolaresBaixar

Cartazes com recomendações para um retorno seguro

Os cartazes a seguir foram afixados nas escolas estaduais para orientar os estudantes e professores sobre as normas de biossegurança contra a Covid-19. Você também pode clicar em cada uma dessas imagens para expandi-las e ler as recomendações.

Com as informações da Seduc-GO