(Foto: Reprodução/Vídeo/Facebook)

Compartilhe esta matéria!

Tristeza em Valparaíso. Polícia Civil confirma que corpo encontrado era mesmo de Lázaro Franco


Causa da morte ainda não foi indicada pelo Instituto Médico Legal

A Polícia Civil (PC-GO) confirmou nesta sexta-feira, dia 28 de agosto, que o corpo encontrado dependurado em uma árvore, em Valparaíso de Goiás, no início da semana, era mesmo do músico e servidor público federal, Lázaro Rosa Franco, de 29 anos.

Ele foi avistado dependurado numa árvore, por um policial militar que fazia patrulhamento nas proximidades de um shopping center, às margens da BR-040, no bairro Parque Esplanada II.

O cadáver estava em estado avançado de decomposição e foi identificado por impressão digital, após várias tentativas realizadas por meio da técnica chamada látex.

Segundo o papiloscopista responsável pela identificação, Bruno Soares, o corpo seguirá no Instituto Médico Legal (IML) de Luziânia, para que seja indicada a causa da morte do jovem.

 “Com as técnicas de papiloscopista, nós conseguimos identificar o corpo que estava desaparecido há algum tempo. E é o de Lázaro Rosa Franco. Esse corpo chegou aqui [no Instituto de Identificação] na terça-feira (25/8), em decomposição. Trabalhamos no caso e, através das técnicas, identificamos o corpo hoje”, contou ao Metrópoles.

Lázaro estava desaparecido desde a manhã do dia 30 de junho. O rapaz possuía histórico de ansiedade e depressão. No mês de abril, ele saiu de Águas Claras voltou a morar em Valparaíso depois do fim de um relacionamento.

Da Redação do Alô Valparaíso