(Foto: Divulgação/Seduc-GO)

Compartilhe esta matéria!

Suspensão de aulas presenciais é mantida em Goiás

Medida visa reduzir a exposição de crianças, jovens e profissionais da Educação ao coronavírus, garante Seduc

O Governo de Goiás anunciou que decidiu manter a suspensão das aulas presenciais na rede pública de ensino até o dia 31 de agosto. A decisão foi tomada com base na nota técnica Nº 11/2020 publicada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO).

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC-GO), a medida visa restringir o fluxo de pessoas nas cidades, em especial das crianças, e reduzir o número de contágios no estado. Em Goiás, 3.859 crianças e jovens entre 0 e 19 anos já foram diagnosticados com Covid-19.

Na quinta-feira passada (23), o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o Novo Coronavírus (COE-nCov) da SES já havia recomendado a prorrogação da suspensão das aulas presenciais até o final de agosto.

Em nota, o COE informou que a decisão “se fundamentou no aumento de casos da Covid-19 no Estado, que ainda torna inseguro o retorno dos estudantes e professores, neste momento”. A intenção é que, na segunda quinzena de agosto, a equipe do centro se reúna para discutir uma possível retomada para o mês de setembro.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da Seduc-GO