Compartilhe esta matéria!

Suspeito de tráfico que se passava por entregador de comida é preso em Luziânia


Com o homem foram encontradas porções de maconha e crack, balança de precisão e valor em dinheiro.

Um homem que se passava por entregador de comida, para distribuir drogas em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, foi preso na última terça-feira (25). O suspeito utilizava uma caixa térmica de um aplicativo de entregas, para armazenar os ilícitos.

Segundo o Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc), ligado a Policia Civil de Goiás, o caso foi descoberto depois que diversas denúncias contra o indivíduo foram registradas.

Os policiais civis identificaram e monitoraram o suspeito. Durante a investigação, foi registrado intenso movimento de pessoas na residência onde ele morava. As equipes apuraram ainda que o investigado saia diversas vezes com sua motocicleta e a caixa de entregas, mas não passava em nenhum restaurante para pegar as encomendas.

Com a suspeita de que o homem estaria na verdade envolvido com o tráfico de drogas, policiais do Genarc, com apoio da 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Luziânia, o abordaram. “Com ele, foi encontrada uma porção de maconha, que estava escondida na caixa de entrega. Na casa do homem, foram encontradas mais porções de maconha e de crack, balança de precisão e valor em dinheiro”, informou a PC-GO.

O falso entregador de comida foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado a unidade prisional de Luziânia, onde está à disposição da Justiça.


Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da PC-GO