O Sistema Produtor Corumbá é uma obra de relevância para Goiás e que vai permitir a produção de 2.800 litros de água por segundo. O empreendimento do governo estadual vem sendo construído no Parque Marajó, bairro localizado em Valparaíso de Goiás.

Segundo Luiz Novo, a obra é feita em parceria com a Companhia de Saneamento Ambiente do Distrito Federal (Caesb). “A Saneago está fazendo a parte de captação no lago Corumbá e a Caesb está construindo a Estação de Tratamento de Água em Valparaíso”.

As obras consistem na construção de uma adutora de 28 quilômetros de extensão que vai captar água do Lago de Corumbá 4, em Luziânia, e levar para Valparaíso, além de estação elevatória bruta, estação de tratamento de água, linhas de transmissão elétrica para alimentar a captação, subestação elétrica e equipamentos complementares.

A parte que está sob a responsabilidade da Saneago já com cerca de 70% dos trabalhos concluídos. A previsão para a conclusão da obra é para 2017. Cerca de 1,3 milhão de habitantes serão beneficiados nas cidades satélites Gama e Santa Maria, no Distrito Federal, além de todo o Entorno Sul, que compreende os municípios goianos de Luziânia, Novo Gama, Valparaíso e Cidade Ocidental.

Por Marcelo Carlos (com as informações do Goiás Agora)