A Secretaria da Saúde fará uma ampla mobilização nos municípios goianos durante todo o mês de agosto, para conscientizar a população em geral e chamar a atenção das mulheres sobre a importância da amamentação. A campanha Agosto Dourado tem seu ponto alto nesta primeira semana do mês de 1º a 7, quando é comemorada a Semana Mundial do Aleitamento Materno.

A subcoordenadora de Saúde da Criança, Kamilla Vêncio, destaca que a SES envolverá representantes de instituições e entidades parceiras, em diferentes municípios goianos, durante todo o mês para demonstrar os benefícios proporcionados pela amamentação para a saúde dos bebês e das mães. “Estamos determinados em promover espaços de diálogo e discussões em torno da promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, visando ao impacto da amamentação na vida da família e da sociedade”, acentua.

A amamentação, enfatiza Kamilla, é de extrema importância para a saúde do bebê, pois é no leite materno que ele encontra proteínas, lactose, vitaminas, minerais, água, gordura, todos os nutrientes que a criança necessita para seu crescimento e desenvolvimento.

Ela destaca que no leite materno também existem componentes imunológicos que protegem a criança de doenças, como asma, alergias alimentares, rinite, bronquite, diarreia, diabetes na infância e infecções em geral.

O Ministério da Saúde (MS) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendam que a criança seja amamentada até os dois anos de vida ou mais, e com exclusividade, até os seis meses. Isso significa que qualquer criança pode, e deve, alimentar-se apenas do leite materno nos seis primeiros meses de vida, não precisando comer ou beber mais nada – nem mesmo água ou chás, pois no leite materno há tudo que o bebê necessita para estar nutrido, crescer e se desenvolver com saúde.

A amamentação também beneficia a mãe, pois, desenvolve o vínculo afetivo entre mãe e bebê, torna a mulher mais segura, menos ansiosa, proporciona o retorno do útero ao tamanho normal mais rapidamente. Além disso, com a amamentação, a mulher tem menos chances de desenvolver anemia, hemorragias, câncer de mama e de ovário no pós-parto. A mãe também estará menos propensa a sofrer com osteoporose e voltará ao peso normal muito mais rapidamente.

Temas

Neste ano, a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação, entidade que coordena em todo o mundo a Semana Mundial do Aleitamento Materno, definiu como tema Amamentação: uma chave para o desenvolvimento sustentável.

Com base nesse conceito, o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria definiram como slogan da campanha no Brasil a frase: Amamentação. Faz bem para o seu filho, para você e para o planeta.

Benefícios para o bebê

· Proporciona uma nutrição superior e um ótimo crescimento
· Fornece água adequada para hidratação
· Favorece o vínculo afetivo e o desenvolvimento
· Protege contra infecções e alergias
· Proteção contra diabetes e câncer na infância
· Melhor resposta a vacinação
· Recuperação mais rápida nas doenças
· Redução da morbidade e da mortalidade infantil
· Menos problemas ortodônticos e fonoaudiológicos associados ao uso de mamadeira
· Melhor desempenho em testes de QI.

Benefícios para a mãe
· Ajuda o útero a recuperar o tamanho normal após o parto, reduzindo o risco de hemorragia

· Aumenta as reservas de ferro da mãe
· Reduz o risco de câncer de mama e de ovário
· Ajuda a retardar uma nova gravidez
· O aleitamento materno torna conveniente as viagens e as mamadas noturnas
· A depressão pós-parto é reduzida
· É mais prático e menos trabalhoso
· O leite está pronto, não necessita preparo

Programação
Evento – Fórum Perinatal Estadual de Goiás

Data – 2 de agosto
Horário – 8h30 às 11h30
Local – Superintendência de Educação em Saúde e Trabalho para o SUS
Evento – Comemoração do Aleitamento Materno no HMI
Data – 3 de agosto
Horário – 8 horas às 18 horas
Local – Hospital Materno Infantil
Evento – Capacitação em Manejo do Aleitamento Materno
Data – 4 e 5 de agosto
Horário – 8 horas às 18 horas
Local – Auditório do Hemocentro/Hospital Materno Infantil
Evento – A  Hora do Mamaço
Data – 6 de agosto
Horário – 8 horas às 12 horas
Local – Parque Lago das Rosas

Postado por Marcelo Carlos (com as informações do Goiás Agora)