Servidores evitam fuga de 18 detentos da UPR de Valparaíso

Custodiados, que cumprem pena por roubo, homicídio, furto e tráfico de entorpecentes, perfuraram buracos em duas celas

Servidores da Unidade Prisional Regional (UPR) de Valparaíso evitaram uma possível fuga de 18 detentos do presídio, neste domingo, 15/03. A frustração ocorreu no momento em que os plantonistas realizavam procedimento operacional de revista estrutural em duas celas, onde custodiados cumprem pena por roubo, homicídio, furto e tráfico de entorpecentes.

De acordo com a 3ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (Dgap), os detentos perfuraram um buraco no chão e na parede das celas.

De imediato, foi realizada a transferência dos mesmos para as demais celas do presídio, além de isolar os locais para os reparos necessários.

Procedimentos administrativos internos foram abertos para a apuração e a aplicação das sanções disciplinares aos responsáveis pelas perfurações. O fato foi comunicado à Polícia Civil da região para as devidas investigações. Os objetos utilizados nas perfurações foram colocados à disposição das autoridades policiais competentes para os fins cabíveis.

A eficiente ação dos servidores é resultado da aplicação do rigor estabelecido por meio de diretrizes instituídas pelo Governo do Estado em consonância com a Dgap para garantir a segurança dentro de ambientes penais goianos.

Com a colaboração da Comunicação Setorial Diretoria-Geral de Administração Penitenciária
sucupira

Unidade Prisional Regional (UPR) de Valparaíso. (Foto: Reprodução)

Compartilhe esta matéria!