Suspeito de sete homicídios é preso fugindo na contramão em Valparaíso

O jovem estava dirigindo um carro roubado e estava acompanhado de uma adolescente

Ricardo de Oliveira Melo, de 24 anos, conhecido como o ‘serial killer da moto amarela’, foi preso na segunda-feira (13/05), suspeito de sete homicídios em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

Segundo a Polícia Civil de Goiás, ele cometeu a maioria dos crimes tentando retomar a chefia do tráfico de drogas na região. Ricardo teria assassinado seis pessoas somente no mês de abril.

Em entrevista ao G1, o delegado Rafael Abrão, responsável pelo GIH – Grupo de Investigação de Homicídios, na maioria dos homicídios, o suspeito estava a bordo de uma motocicleta de cor amarela.

Ainda de acordo com informações da Polícia, além dos seis, pesa contra ele outro homicídio, cometido em dezembro de 2018.

O delegado do GIH também contou que Ricardo ficou mais de três anos preso preventivamente e saiu em outubro do ano passado. “Antes, ele já dominou o tráfico em um bairro aqui da cidade. Ele ganhou a condicional, saiu e começou a matar as pessoas por dívidas e desacordo relacionados a drogas. Ele queria retomar o comando", ressaltou.

Todas as vítimas do ‘serial killer da moto amarela’ foram mortas a tiros e tinham envolvimento com tráfico de drogas.

Conforme as investigações, no dia 14 de abril deste ano, o suspeito matou um rival do tráfico e a mulher dele, que estava junto com dois filhos pequenos. As crianças não foram atingidas.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações do G1

PRF prende motorista dirigindo na contramão. (Foto: Divulgação/PRF)

Compartilhe esta matéria!