Compartilhe esta matéria!

Senac abre 4,9 mil vagas em diversos cursos gratuitos de qualificação profissional no DF

Inscrições abrem nesta quarta-feira (11) e vão até 30 de agosto. São 81 cursos nas áreas de gastronomia, beleza, administração, logística, saúde e tecnologia da informação.

Alunos do Senac em aula de confeitaria - imagem de arquivo — Foto: NCM Fecomércio
Alunos do Senac em aula de confeitaria – imagem de arquivo — Foto: NCM Fecomércio

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Distrito Federal (Senac-DF) abre, nesta quarta-feira (11), 4.905 vagas para 81 cursos de qualificação profissional. Ao todo, serão formadas 202 turmas em áreas como gastronomia, beleza, administração, logística, saúde e tecnologia da informação.

As inscrições vão até 30 de agosto ou até o preenchimento de todas as vagas. As vagas são do Programa Senac de Gratuidade (PSG) e, para se inscrever, é preciso acessar o site do Senac.

Segundo o Senac, as turmas serão formadas na modalidade presencial, seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19, como uso de máscaras, distanciamento social e higienização do local das aulas. Porém, algumas atividades poderão ser feitas de forma remota.

“Aquilo que pode ser realizado remotamente, por meio da internet, o Senac oferece todo o apoio possível aos alunos, com uma plataforma intuitiva e moderna”, diz Augusto Chabloz.

Quem pode participar?

Para participar é preciso:

  • Ter renda familiar per capita de até dois salários-mínimos
  • Idade igual ou superior à idade mínima exigida para acesso ao curso
  • Escolaridade exigida para o curso escolhido
  • Não ter evadido ou desistido de outro curso PSG, com prazo igual ou inferior a um ano da data de evasão ou desistência

Matrícula

Segundo o Senac, os inscritos serão classificados seguindo critérios de atendimento aos requisitos de acesso, ordem de inscrição e quantidade de vagas ofertadas no curso escolhido. O resultado da classificação será divulgado no dia 16 de setembro no site do Senac-DF. O candidato tem até o dia 24 de setembro para se matricular.

Alô Valparaíso/* Com informações do G1