Na manhã desta segunda-feira, dia 6, o vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Eliton, e o titular da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), Alécio Moreira de Sousa Júnior, acompanham a incineração de cinco toneladas e meia de drogas, na empresa Incinera – Usina de Incineração, em Senador Canedo.

Desde o início do ano até o final de maio, as polícias Civil e Militar, além dos grupos especializados, apreenderam cerca de 23 toneladas de drogas em Goiás. O número revela que o uso da inteligência pode tirar Goiás da rota do tráfico nacional e internacional de drogas.

Somente a Denarc em abril, fez duas apreensões recordes em 2016: no dia 14 daquele mês, 1,5 tonelada de maconha próximo a Posselândia. E no dia 23, durante a Operação Tiradentes, foram 2,7 toneladas de maconha e 630 quilos de insumo apreendidos pela Polícia Civil na GO-060, próximo à Trindade.

Por Marcelo Carlos (com as informações de Goiás Agora)