Compartilhe esta matéria!

Se não puder voar, corra

Aka AJ, lançou no dia 29 de agosto em coincidência com seu aniversário seu primeiro single “Anunciação” e ainda este ano o artista vai lançar um EP e uma mixtape

William Monteiro de Morais, de 24 anos conhecido por Aggin Aka sonhobrasileiro ou Aka AJ, é Rapper, apresentador, pensador, marketeiro, influencer e estoquista. Lançou no dia 29 de agosto em coincidência com seu aniversário seu primeiro single “Anunciação”

“O lançamento de Anunciação foi um marco, minha primeira música solo distribuída pela minha nova produtora, o clipe foi gravado na minha rua, na Cidade Estrutural e outros takes no Guará lá.” Conta entusiasmado

“Quero ser maior do que já sou, alçar voos e pessoas diferentes, lugares diferentes. Ser um grande artista, fazer projetos sociais visando jovens cantores, ensinar tudo que eu precisei correr atrás para entender.” Fotos: @uepamano e @lekkaay

E completa “A música fala sobre minha volta para DF e como eu enxergo o cenário daqui, muitas referências e metáforas para fazer maluco queimar o crânio pensando.

O beat do JOJO BABY foi um diferencial absurdo, estamos estudando um estilo de Memphis, uma outra forma de fazer som, mais compassada e com muita punchline”. Conclui o artista

 O rapper conta que nunca teve acesso ao estudo musical pago e diplomado, fez produção de beats no Jovem de Expressão na Ceilândia em 2016 e  acredita que tenha sido  uma experiência incrível para seu crescimento. Desde pequeno gosta de música, cantava na igreja com sua mãe e cresceu em leito religioso. Cantava no grupo de jovens e sua relação com o rap foi de muito carinho e acolhimento, ser um jovem preto dá Estrutural o fez enxergar coisas que muitos não enxergam, quis falar sobre isso de uma forma que todos entendessem até por não se sentir representado. 

O cantor começou profissionalmente em 2014 com um brother Gans,  formando o grupo Akil, que depois de um tempo se tornou Pluv. Foram 7 anos de carreira fazendo muitos corres pelo Distrito e pelo Brasil, como  Bamboa, Calaf, subdulcina, 904, acadêmicos da Asa Norte, Cio das Artes, Casa da Cultura.

 O contato com a música foi um ponto crucial para sua salvação, já que o músico estava sofrendo com a depressão, atingindo pontos críticos, “quando  me permiti fazer rimas, criei uma batalha de mcs na escola com meus amigos e aquilo se tornando mais pessoal, eu realmente colocava meus sentimentos naquilo e quando percebi, já estava gravando algumas faixas, melhorando minha mente, ocupando com coisas importantes para, elevando meus objetivos, para não desistir de mim”. Conta o Aka

Em toda sua caminhada tem consciência da ajuda de muitas mãos “Muitas pessoas me ajudaram, inclusive deixo um salve ai pro Gans, Natothemachine, ThiagoRaiz, Dudu Mano, Cedric, PiatheKid.Meus irmãos que me ajudaram a ser o  que eu sou hoje”. Exclama agradecido

Ainda este ano o artista vai lançar um EP e uma mixtape, trabalhar em audiovisuais, editais e participar ativamente no projeto de outros companheiros de carreira. Busca em seu som levar experiências letras para conscientizar, fazer com que as pessoas reflitam e tem em suas inspirações cantores como, Andre 3000, Xxxtentacion, Tyler The Creator, Drake, Kanye West.Bc Raff, seu estilo se encaixa no trap por mais versátil e musicista que seja.  

 O cantor busca alcançar o máximo de pessoas, trazer felicidade, um sorriso, a vontade de pular, quer que as pessoas sintam a energia positiva de conforto e bem estar, também quer receber essa energia em troca,  e sabe que não há nada melhor que isso.

Enquanto pessoa, quer ser valorizado como um artista gigante que é, ser reconhecido pelo seu trabalho.

“Quero ser maior do que já sou, alçar voos e pessoas diferentes, lugares diferentes. Ser um grande artista, fazer projetos sociais visando jovens cantores, ensinar tudo que eu precisei correr atrás para entender.” Finaliza o artista

Redes para seguir:

Ouçam Anunciação, link ta na bio @sonhobrasileir0 no instagram e no twitter

 AGGIN no spotify e Youtube.

Alô Valparaíso/Com as informações