A Saneago admitiu que o tempo seco, a falta de chuvas e o aumento de consumo tem sido o principal fator para deixar várias cidades do Entorno Sul com torneiras secas, dentre elas Valparaíso de Goiás e Cidade Ocidental.

O Ribeirão Saia Velha que abastece toda a Cidade Ocidental e 40% de Valparaíso vem sendo afetado pelo período de estiagem e está com o seu nível muito abaixo do necessário para atender a população.

O represamento irregular feito por clubes e chácaras também tem contribuído para agravar o problema na região. Em razão disso, a Companhia de abastecimento acionou o Ministério Público para atuar junto aos responsáveis.

A crise hídrica é notável e o sinal de alerta já foi ligado, se não chover nos próximos dias, provavelmente, a situação se tornará ainda mais crítica e a água terá que ser racionada com maior frequencia.

Para reforçar o fornecimento de água, a Saneago informou que tem realizado uma série de ações no município, como a interligação de três novos poços tubulares profundos, incrementando a produção de água em cerca de 150 m³ por hora.

Da Redação