O ex-senador Gim Argello, se decidir pela delação premiada, estaria disposto a mencionar, como partícipe de seus negócios, um prefeito do Entorno de Brasília. Seriam sócios em empreendimentos pouco católicos. É nitroglicerina puríssima. O prefeito pode acabar preso e isto pode provocar uma reviravolta na política do município. As informações são do “Jornal Opção”.

Postado por Marcelo Carlos (com as informações do Jornal Opção)