Moradores de Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, reclamam há dias que calçadas e ruas da cidade estão cobertas de santinhos de candidatos de quase todos os grupos políticos que pleiteiam os cargos de vereador e prefeito no dia 02 de outubro.

Para confirmar que os populares tem razão, basta caminhar por alguns segundos em qualquer via do município e presenciar a negligência daqueles que pretendem representar os valparaisenses a partir de 2017.

“Se eles agora aprontam essa sujeira, imaginem quando estiverem no poder”, diz Sergio Oliveira – morador da Morada Nobre.

Marcos Barcos, morador do Setor de Chácaras Anhanguera, procurou a nossa redação para protestar contra o caos gerado pela papeleira eleitoral jogada nas ruas do bairro. “Moro em um local onde a limpeza das ruas é precária e com a chegada das eleições a situação foi agravada. Cadê o respeito como a população? Estou muito revoltado com a situação caótica e vergonhosa”, desabafou.

Segundo um coordenador de campanha que preferiu não ser identificado, o problema é ocasionado pelos próprios eleitores que pegam os santinhos, não leem e jogam no chão. “Muitas pessoas nem olham para o material de campanha e jogam na rua mesmo. Não possuem o cuidado de ler as nossas propostas ou de procurar uma lixeira para jogar o santinho. É algo cultural do povo”, disse.

Por Marcelo Carlos