Nesta terça-feira (1º), a Regional da Saneago em Luziânia (GO), começa a fabricar anéis para redes e tampas para poços de visita.

Segundo a Companhia, os materiais atenderão os sistemas da Saneago em Águas Lindas de Goiás, Alexânia, Cidade Ocidental, Cristalina, Luziânia, Novo Gama, Padre Bernardo, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás, cidades jurisdicionadas à regional.

O Gerente da Regional de Serviços de Luziânia, Hélio Leão, informa que será a primeira experiência da GRS na fábrica de materiais, “fomos buscar informações na fábrica de Goiânia”. Levantamentos prévios apontam que, em relação aos valores dos anéis e tampas comercializados no mercado da região, haverá economia de cerca de 60% no valor de cada material produzido na regional.

Hélio Leão afirma ainda que há falta de materiais no mercado e que a fábrica própria vai suprir a demanda da GRS. “Nesta época de chuva, há maior demanda por materiais, devido ao acréscimo do volume de água na rede de esgoto, fazendo com que aconteça as vezes até extravasamento de esgoto”, explica sobre a relação entre mau uso da rede de esgoto e requisição de materiais.

As redes de esgoto não são dimensionadas para receber água de chuva. As águas de chuva recolhidas nos telhados e quintais devem ser conduzidas para as sarjetas, caindo nas galerias pluviais, de onde vão para os rios. A interligação do escoamento da água de chuva na rede de esgoto pode provocar transbordamentos e rompimentos da tubulação. A fábrica própria representará redução de custo na aquisição de materiais e otimização na substituição de tampas e anéis.

Postado por Marcelo Carlos (com as informações da Saneago)