Compartilhe esta matéria!

Sancionada lei que transfere Hospital de Luziânia para o Estado

Lei autoriza a estadualização das atividades ofertadas na unidade

O Hospital Municipal de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, agora está sob responsabilidade administrativa do Estado de Goiás. A transferência foi oficializada na última quinta-feira (16/04), após o governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionar lei que estadualizada a unidade hospitalar. O local será inicialmente utilizado para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A gestão estadual também passou a absorver as atividades ofertadas em outras três unidades de saúde no interior goiano: Hospital Municipal de Formosa; Hospital das Clínicas Drº Serafim de Carvalho, de Jataí; e Hospital Municipal Geraldo Landó, de São Luís de Montes Belos.

A matéria que permite a estadualização dos hospitais foi aprovada em sessão realizada na Assembleia Legislativa, no dia 8 de abril. Antes disso, as Câmaras das cidades beneficiadas já haviam aprovado o repasse das unidades ao estado.

Segundo o Governo de Goiás, a estadualização dos hospitais robustece o processo de regionalização e integração das ações e serviços de saúde em tempos de pandemia; e também a prerrogativa de otimização e organização da rede e dos fluxos assistenciais. “Tudo com o intuito de evitar possível colapso no sistema estadual, a exemplo do que ocorreu em países como a Itália, que se furtou a estabelecer o isolamento social num primeiro momento”, justificou.

Da Redação do Alô Valparaíso

Sancionada lei que autoriza estadualização do Hospital Municipal de Luziânia. (Foto: PML)