Na semana passada, em Luziânia-GO, a Regional da Saneago informou que o abastecimento da população está sendo prejudicado devido aos represamentos irregulares que desviam o curso do Rio Palmital. O manancial é responsável por 40% da captação de água par ao município.

Além da negligência ambiental, a escassez de chuvas na região vem agravando a crise hídrica e diminuindo drasticamente o nível de água do rio.

Segundo a Saneago, o Ministério Público de Luziânia já foi acionado e tem tomado todas as medidas cabíveis para resolver o problema o mais breve possível.

A situação é alarmante e causa grande preocupação nos moradores da cidade

Por Marcelo Carlos