Nesta quinta-feira (08), a Regional de Luziânia da Saneago S.A informou que, em função dos represamentos irregulares feitos por proprietários de chácaras e clubes no Ribeirão Saia Velha, manancial que abastece os municípios de Valparaíso e Cidade Ocidental, a captação de água bruta baixou ao nível crítico de água desde o último final de semana.

Segundo nota da empresa, o Ministério Público (MP-GO) foi acionado para resolver a situação e uma reunião que aconteceu nesta tarde definiu as ações a serem tomadas pela Companhia. As medidas e uma previsão para a normalização total do abastecimento ainda não foram informadas.

Em Luziânia, o abastecimento da população também está sendo prejudicado por represamentos irregulares que desviam o curso do Rio Palmital, manancial responsável por 40% da captação para o município. O Ministério Público de Luziânia foi acionado pela Saneago e está cuidando do caso para resolver o problema o mais breve possível.

Por Marcelo Carlos