Compartilhe esta matéria!

Remo supera desfalques, bate Gama e se classifica na Copa Verde

 
Leão não pôde contar com nove atletas; seis devido à covid-19

O Remo é mais um time classificado às quartas de final da Copa Verde. Nesta quarta-feira (27), o Leão Azul derrotou o Gama por 1 a 0 no estádio Mangueirão, em Belém, pelas oitavas de final da competição. Enquanto os paraenses fizeram a estreia, a equipe do Distrito Federal – que superou o Santos-AP na fase anterior – se despediu do torneio regional. 

 Na próxima fase, os remistas encaram quem avançar entre Rio Branco-AC e Independente-PA, que estão em campo na Arena Acreana – a partida teve início às 18h (horário de Brasília) desta quarta. Os dias e horários dos confrontos das quartas de final da Copa Verde ainda serão divulgados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A atenção dos paraenses se volta novamente à final da Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (30), às 17h, o Remo enfrenta o Vila Nova no Mangueirão. No último sábado (23), os goianos venceram o jogo de ida por 5 a 1, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. O Leão precisa ganhar por cinco gols de diferença para levar o título no tempo normal ou por quatro para, ao menos, forçar a decisão nos pênaltis.

O Gama retorna a campo no próximo dia 20 de fevereiro para a estreia na edição 2021 do Campeonato Brasiliense, contra o Capital-DF, no estádio Bezerrão, no Gama (DF). O Periquito é o atual bicampeão distrital.

Domínio leonino

Apesar das seis ausências devido ao novo coronavírus (covid-19) – além do técnico Paulo Bonamigo – e outras três por lesão, o Remo mostrou um entrosamento um pouco maior que o do Gama. O time distrital teve que reformular o elenco que fez a segunda melhor campanha da primeira fase da Série D e perdeu jogadores devido a salários atrasados. Logo aos quatro minutos, os paraenses quase saíram na frente com o meia Tcharlles, que acertou o travessão após cruzamento pela direita do atacante Augusto.

O Periquito respondeu dois minutos depois, em batida do meia Mirray, na pequena área, mas em cima do goleiro Vinícius. Foi a melhor oportunidade alviverde no primeiro tempo. Porem a superioridade remista logo se configurou em bola na rede. Aos 21 minutos, o meia Carlos Alberto cobrou escanteio da direita, o lateral Kevem desviou de cabeça e o atacante Salatiel, antecipando-se ao goleiro Léo, completou para o gol.

O Gama voltou do intervalo mais agressivo. Aos nove minutos, o meia Kaefer bateu rente à trave remista. Aos 28, Caíque foi lançado e ficou na cara de Vinícius, que salvou o chute do atacante com o rosto. Apesar de mais defensivo, o Remo teve a melhor chance da etapa final. Aos 35 minutos, Tcharlles recebeu sozinho na área, mas demorou para finalizar e, quando o fez, mandou em cima de Léo. No rebote, o meia acertou a trave esquerda. O Gama ainda tentou acelerar o jogo nos minutos finais, mas sem efeito contra o bloqueio azulino.

Mais Copa Verde

A Copa Verde prossegue nesta quinta-feira (28), outra vez no Mangueirão, com o jogo entre Paysandu e Galvez-AC, às 16h (horário de Brasília). O vencedor encara o Manaus na próxima fase. Na última segunda-feira (25), o Gavião superou o Atlético-AC por 5 a 1, em Rio Branco.

A última vaga às quartas de final será decidida na próxima terça-feira (2), entre Vila Nova e Palmas, que jogam às 16h em Goiânia. O duelo estava marcado para domingo passado (24), mas foi adiado após o acidente aéreo que matou quatro atletas e o presidente do clube tocantinense. Quem avançar, medirá forças com o Cuiabá, que eliminou a Aparecidense-GO na segunda-feira, ao vencer por 2 a 1 na Arena Pantanal.

O único confronto definido da próxima fase reúne Brasiliense e Atlético-GO. Jogando no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), o Jacaré derrotou a Luverdense por 2 a 1 no último domingo, enquanto o Dragão goleou o Sinop-MT por 5 a 1 na segunda-feira, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

A Copa Verde reúne 24 participantes das regiões Norte e Centro-Oeste e do Espírito Santo. O torneio é disputado em formato eliminatório. Nas oitavas de final, os oito clubes mais bem colocados no ranking da CBF duelam com os oito times que se classificaram da primeira fase, em jogo único. A partir das quartas de final, os confrontos terão partidas de ida e volta. O campeão assegura vaga direta à terceira fase da Copa do Brasil de 2021.

Com a colaboração da Agência Brasil