O Partido Socialismo e Liberdade de Goiás tem novo presidente para o ano de 2017. O professor Weslei, ex-candidato a governador do estado em 2014, assumiu em janeiro a agremiação, e deverá ficar a frente, pelo menos, até o próximo congresso da legenda, que ocorrerá ao final do ano.

Weslei é professor universitário no município de Valparaíso de Goiás, onde também reside. Militante sindical, o atual presidente do PSOL/Goiás atuou no movimento sindical na base do SINDSEPEM/VAL, instituição dos servidores públicos municipais, e, atualmente, é o vice-presidente do Sindicato dos professores do Entorno Sul da rede privada, SINPROES. No PSOL, é o atual presidente municipal e está filiado desde 2005.

Uma das primeiras ações do professor Weslei enquanto novo presidente estadual foi visitar o acampamento do MTST em Goiânia Fidel Castro. “O apoio aos movimentos sociais é papel indispensável de um partido como o PSOL, voltado à defesa da classe trabalhadora e das minorias” – comentou Weslei.

O professor Weslei irá intensificar visitas às cidades onde o partido está organizado, no intuito de auxiliá-los para as tarefas do próximo período. Em Valparaíso de Goiás, ele adiantou que o partido deverá renovar a direção municipal, com os filiados escolhendo um novo nome para estar à frente das demandas locais.

Da Redação