Compartilhe esta matéria!

Problemas na tireoide podem causar queda capilar

15% da população brasileira tem problemas na tireoide, aponta IBGE. Queda capilar é um dos principais sintomas

A tireoide é uma glândula na garganta com o formato de uma borboleta. Como parte do sistema endócrino, a tireoide produz hormônios que regulam o metabolismo. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 15% da população sofre de problemas na tireoide, sejam homens ou mulheres.

A tricologista Valine Alencar explica que “A queda capilar é sempre um indicador de alteração na saúde. Problemas na tireoide são muito comuns, desde hipotireoidismo, hipertireoidismo e Hashimoto, que são causadas basicamente por produtos de higiene pessoal, cosméticos, alimentação inadequada e uso excessivo de eletroeletrônicos, por exemplo. Conseguimos fazer uma avaliação minuciosa e tratar o paciente de forma sistêmica e sem medicamentos”, conclui. 

Os problemas de tireoide afetam todo o organismo. Um dos sinais de que a sua tireoide não está saudável pode estar na queda de cabelo. É claro que existem diferentes razões para uma queda de cabelo acentuada (quando ultrapassa os 100 fios diários), mas as questões da tireóide não devem ser ignoradas.

“Quando pensamos em cabelo, relacionamos muito com estética e por isso acreditamos que cosméticos podem resolver tudo. Mas, em casos como hipotireoidismo e hipertireoidismo, os cabelos podem ser afetados”. Afirma a tricologista

E por que? Porque os nutrientes necessários para cabelos saudáveis não são regularmente absorvidos, além do próprio desequilíbrio hormonal.

“Desequilíbrios da tireoide, especialmente dos hormônios T3 e T4, podem desencadear o eflúvio telógeno – que ocorre quando os folículos capilares mudam para a fase de repouso muito cedo. O eflúvio telógeno pode levar à queda de até 70% dos cabelos do couro cabeludo em dois meses”. Explica Valine Alencar

Um dos principais sintomas do desequilíbrio da tireóide é a queda capilar, que ocorre quando os folículos capilares mudam para a fase de repouso rapidamente, o que gera uma perda acentuada dos fios. Essa disfunção muitas vezes não é detectada pelos exames de sangue convencionais.

A queda de cabelo por tireoide afeta o couro cabeludo, é claro, mas não se limita a isso . Uma das maneiras de saber se você está tendo queda de cabelo em relação a um problema de tireoide é quando você perde cabelo em outras partes do corpo, como as sobrancelhas .

Você poderá notar principalmente: 

  • Cabelo ralo em todo o couro cabeludo;
  • A queda de cabelo em manchas circulares lisas também é possível;
  • Perda de pelos do corpo;
  • Perda de sobrancelha, especialmente nas bordas externas;
  • Mudanças na textura do cabelo.

O hipotireoidismo é mais comum em mulheres do que em homens, e o diagnóstico da doença é feito somente por meio da realização de exame laboratorial, cabendo ao médico a correta avaliação quanto aos tratamentos possíveis – o que geralmente envolve a administração de hormônios sintéticos.

Alo Valparaíso/