Em Goiás, policiais prendem mulheres que aplicavam o golpe “bença, tia”

A operação foi realizada pela Polícia Civil, em Aparecida de Goiânia

A Polícia Civil desencadeou na última terça-feira (21), em Aparecida de Goiânia, uma operação que culminou na prisão de uma mulher que se encontrava numa agência bancária tentando realizar saques de valores obtidos por meio de golpes “bença, tia.”.

Segundo as investigações, Luciene da Silva Campos, que já possui passagens pela polícia, foi surpreendida com R$ 1.300,00 em espécie e vários cartões de contas bancárias em nome de terceiros.

Após analisarem os cartões, os policiais civis identificaram uma vítima, da cidade de Nova Veneza, que havia realizado cinco depósitos ainda ontem, totalizando a quantia de R$ 4.500,00. A vítima imaginava ter depositado os valores para um membro de sua família, quando na verdade o dinheiro foi parar nas mãos de estelionatários.

De acordo com a corporação, depois de efetuar a prisão da suspeita, os policias a levaram até sua residência, localizada em Hidrolândia, onde ainda conseguiram efetuar a prisão de duas outras mulheres: Maria Isabel Silva Pinto e Juliana da Silva Souza, titulares das contas bancárias que haviam recebido os valores ilícitos.

Ainda conforme informações da PC, no imóvel foram localizadas também 17 porções de maconhas já embaladas para venda, uma porção de cocaína, uma balança de precisão e uma munição calibre 380.

As três mulheres foram conduzidas para a delegacia, sendo autuadas pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, associação criminosa, posse ilegal de munição e estelionato.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da PCGO
pc

Presas suspeitas de aplicar o golpe "bença, tia", em Goiás. (Foto: Divulgação/PCGO)

Compartilhe esta matéria!