Por aclamação, o Diretório Nacional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) decidiu deixar a base aliada do governo da presidenta Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT). 

A decisão foi anunciada na tarde desta terça-feira (29), pelo senador Romero Jucá (RR), vice-presidente da legenda, que substituiu o presidente nacional do partido, Michel Temer, vice-presidente da República.

O PMDB também decidiu que os ministros do partido deverão deixar os cargos. Participaram da reunião mais de 100 membros do Diretório Nacional do PMDB.

Por Marcelo Carlos (com as informações da Agência Brasil) 

https://vimeo.com/160789854