Polícia Civil recupera sanfona avaliada em 25 mil reais no Entorno do DF

Homem foi morto e teve o instrumento musical roubado em Formosa (GO)

No início deste mês de janeiro, o sanfoneiro Valdineto Vieira Neves, de 52 anos, foi encontrado morto em uma residência em Formosa (GO), no Entorno do Distrito Federal.

E na última terça-feira, dia 14 de janeiro, a Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri), conduziu os responsáveis pelo crime de latrocínio ocorrido no dia 4 de janeiro último.

Segundo a PC, dois indivíduos, na posse de um pedaço de madeira, desferiram violentos golpes na cabeça da vítima, levando-a a óbito. De acordo com as investigações, a dupla subtraiu o veículo GM Prisma, um celular, uma sanfona avaliada em R$ 25 mil e objetos pessoais da vítima.

Conforme as informações apuradas, o sanfoneiro estava na companhia dos suspeitos momentos antes do cometimento do crime. Logo após, os investigados empreenderam fuga para a Bahia, sendo capturados no município de Barreiras. Eles foram presos em flagrante em razão de outro furto ocorrido durante a fuga.

Em contato com a Polícia Civil da Bahia, foi dado ainda cumprimento ao mandado de prisão preventiva referente ao crime de latrocínio. Este mandado foi cumprido no dia 09 de janeiro deste ano, sendo que a equipe do Gepatri de Formosa deslocou-se até o município de Barreiras e conduziu os suspeitos para Formosa, nessa terça-feira (14), a fim de que as investigações sejam concluídas.

Ainda segundo a Polícia, no retorno para Formosa, a sanfona da vítima foi recuperada pela equipe policial. Os envolvidos serão indiciados pelo crime de latrocínio e, se condenados, podem pegar pena de 20 a 30 anos. A dupla permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da Polícia Civil de Goiás
sanfona

Gepatri recupera sanfona avaliada em 25 mil reais. (Foto: Divulgação/PC-GO)

Compartilhe esta matéria!