(Foto: Divulgação/PC-GO)

Compartilhe esta matéria!

Polícia Civil fecha o cerco contra vendedores clandestinos de gás em Luziânia

Operação Crepitus foi deflagrada nesta semana na cidade goiana

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), realizou na última terça-feira (13), a quarta fase da Operação Crepitus, visando interromper a prática do crime insculpido no art. 1º, inciso I da Lei de Crimes Contra a Ordem Econômica e Estocagem de Combustíveis. 

A ação contou com o apoio de especialistas em Regulação da ANP (Agência Nacional do Petróleo), que vistoriaram e autuaram dois grandes revendedores clandestinos na cidade de Luziânia.

As investigações iniciaram há três meses, a partir da troca de informação entre os órgãos, teve como objetivo impedir a ação de estabelecimentos que comercializavam botijões de gás GLP de forma clandestina, oferecendo risco iminente de explosão. 

Houve o cumprimento de mandado de busca e apreensão que possibilitou a retirada de 220 botijões que se encontravam estocados de forma irregular e a colocação em ambiente seguro.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da PC-GO