Compartilhe esta matéria!

Polícia Civil do DF prende psicólogo suspeito de estuprar paciente de 9 anos

Foragido foi detido em João Pessoa (PB). Segundo investigação, ele ‘se aproveitava da relação de confiança e praticava atos libidinosos com vítima’.

Polícia Civil do DF prende psicólogo suspeito de estuprar paciente de 9 anos — Foto: PCDF/Divulgação

Polícia Civil do DF prende psicólogo suspeito de estuprar paciente de 9 anos — Foto: PCDF/Divulgação

As polícias civis do Distrito Federal e da Paraíba prenderam, em João Pessoa (PB), um psicólogo suspeito de estuprar uma paciente de nove anos. O homem, que não teve a identidade divulgada, foi detido na terça-feira (30). A prisão só foi divulgada nesta quinta (1º).

De acordo com a investigação, os abusos ocorriam durante as sessões de atendimento no consultório de psicologia.

“Ele se aproveitava da facilidade e da relação de confiança inerente à sua profissão e praticava, de forma reiterada, atos libidinosos com a vítima, para satisfazer sua lascívia.”

O homem estava foragido e, portanto, havia uma mandado de prisão em aberto contra ele. A Polícia Civil informou que o suspeito foi transferido para o DF e está preso na carceragem da corporação. A prisão ocorreu “para a segurança da coletividade”.

O caso é investigado como estupro de vulnerável. Dados da Secretaria de Segurança Pública apontam, que até fevereiro, houve 77 ocorrências de estupro no DF. A pena para esses casos é de 6 a 10 anos reclusão, podendo ser ampliada para até 15 anos se a vítima for menor de 14 anos ou estiver em condição de vulnerabilidade.

Com a colaboração da G1 DF