Polícia Civil combate a pornografia infantil em Goiás

As operações Guardiões da Inocência e Luz na Infância foram deflagradas em parceria com a Polícia Federal e policiais civis de outros estados

A Polícia Civil do Estado de Goiás cumpriu, na manhã desta terça-feira (18/02), sete mandados de busca e apreensão em Goiânia, Trindade e Rio Verde e a prisão de três pessoas. O trabalho de combate a pornografia infantil foi deflagrado durante as operações Guardiões da Inocência e Luz da Infância 6.

As ações realizadas em conjunto com a Polícia Federal (PF), envolvem 12 estados, quatro países e está sendo coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e Polícias Civis.

As investigações na operação Guardiões da Inocência começaram em 2019 e apontaram pessoas que estariam usando programas de compartilhamento de arquivos na web para distribuir imagens de pornografia infantil.

Todos os suspeitos serão interrogados na Superintendência da Polícia Federal, em Goiânia, e o material de informática apreendido será encaminhado à perícia. Os investigados responderão pelos crimes de disponibilização e posse de arquivos com pornografia infantil, cujas penas máximas podem chegar a seis anos de reclusão e multa.

A operação Luz na Infância e que tem como intuito identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual, conta também com a participação das agências de aplicação da lei da Colômbia, dos Estados Unidos, do Paraguai e Panamá.

Nesta ação investigativa, os policiais civis cumprem mandados judiciais de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes em endereços ligados aos investigados, em Alagoas, Acre, Ceará, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e Santa Catarina.

Da Redação do Alô Valparaíso
pcgo

Pornografia Infantil é combatida em todo o país. (Foto: Divulgação/PC-GO)

Compartilhe esta matéria!