Compartilhe esta matéria!

Vacine seu pet para uma vida plena e feliz

Para uma vida plena o animal precisa de cuidados e prevenção a doenças. Entenda por que a vacinação é tão importante

 Antes de integrar um filhote à rotina da família é preciso ter em mente alguns cuidados básicos para uma posse responsável. Afinal, cães e gatos são seres vivos dependentes que requerem dedicação, e por isso deve-se vacinar o animal além de outros cuidados básicos.

A vacinação em cães e gatos, assim como nos humanos, possuem dois objetivos:  
Proteger o animal de estimação contra doenças infecciosas, e protegê-los contra os agentes circulantes dessas doenças.
A vacinação previne o contágio do animal com agentes das doenças e permite que o pet possa manter a sua saúde em equilíbrio por mais tempo. O processo de vacinação em animais de estimação é muito importante, visto que algumas doenças podem acometer não somente aos pets, mas também aos seres humanos. Vacinar animais domésticos além de uma ação de amor e cuidado é um ato médico muito importante e uma responsabilidade de saúde pública.

Uma das doenças mais conhecidas entre os animais domésticos, a raiva pode ser transmitida para o ser humano e pode ser fatal. O contágio se dá pelo contato de vírus presente na saliva e nas secreções do animal infectado, principalmente pela mordida. Apesar de não ter tratamento, a raiva pode ser prevenida por meio da vacinação. “Por se tratar de uma zoonose, esta é uma doença tão difundida. Mas, além dela, há outras que também devem ter a atenção dos tutores”, diz a médica-veterinária Fabiana Avelar, Gerente de Produto para Animais de Companhia da Zoetis.

“A vacinação deve acontecer a partir das primeiras semanas de vida do animal. E na fase adulta, a prevenção deve ser feita anualmente, ao longo de toda a vida”, completa Fabiana.


Ter um animalzinho de estimação, traz muita alegria para os donos, principalmente quando estão saudáveis e felizes, por isso é muito importante garantir que o cartão de vacinas do pet esteja atualizado, com todas as vacinas em dia.

O protocolo vacinal para cães inclui prevenção contra:

  • cinomose,
  • hepatite infecciosa,
  • parvovirose,
  • leptospirose
  • parainfluenza
  • coronavirose
  • . Traqueobronquite infecciosa,
  • giardíase e raiva
    Para gatos, a recomendação é que sejam vacinados para:
  • rinotraqueíte,
  • calicivirose,
  • panleucopenia
  • e para a bactéria Chlamydia psittaci,
  • além da leucemia felina e a raiva.

Para os tutores

“Assim como nós, nesse momento, seu animal está sujeito a algumas doenças altamente transmissíveis e são as vacinas que garantem a proteção ao animal, pois estimulam o sistema imunológico a cada aplicação, trazendo uma vida saudável e duradoura ao lado de seu tutor”, enfatiza Alexandre Merlo, Gerente Técnico de Animais de Companhia da Zoetis.

Alô Valparaíso/*Com informações do Secom Valparaíso