Compartilhe esta matéria!

Patrão é preso após dopar, estuprar e perseguir empregada doméstica no DF

O suspeito teria, ainda, ameaçado a mulher e a chantageado para ter outras relações sexuais com ela, sob ameaça de matar o marido da vítima

Homem é preso após estuprar empregada domésticaDivulgação PCDF

Policias da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia) prenderam, nessa quarta-feira (1°/8), um homem de 52 anos acusado de cometer os crimes de estupro de vulnerável, perseguição e descumprimento da medida protetiva contra a empregada doméstica que trabalhava em sua residência.

Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito teria dopado a vítima e praticado com ela “conjunção carnal e atos libidinosos diversos”. Após o estupro, o indivíduo teria passado a ameaçar a mulher e chantageá-la para ter com ela outras relações sexuais, alegando que divulgaria fotos e filmagens realizadas por ele durante o abuso sexual. Além disso, teria ameaçado matar o marido dela.

Os policiais apreenderam um short que a mulher usou depois de ter sido dopada e violentada. De acordo com os investigadores, a roupa pertence ao suspeito.

Após a denúncia feita pela mulher e a concessão de medidas protetivas, o indivíduo teria passado a persegui-la. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Samambaia.

O homem já tinha condenações criminais por crimes sexuais e cumpria pena em prisão domiciliar. Ele foi recolhido à carceragem e encontra-se à disposição da justiça.

Alô Valparaíso/* Com informações G1