A Pátria Educadora segue tratando seus filhos com descaso. É o que afirmam pais e responsáveis que passaram a última noite em frente à escola de educação infantil Pedacinho do Céu, localizada no bairro Etapa D. Todos buscavam vagas para crianças na instituição de ensino.

“Cheguei à minha casa agora. Depois de passar a noite na rua para conseguir uma vaga para minha sobrinha. Tendo chegado à Escola de Educação Infantil Pedacinho do Céu  por volta das 22h30, outras pessoas começaram a chegar às 18h de domingo”, relata a tia de uma criança ao Alô Valparaíso.

A revolta da população aumenta com a paralisação nas obras de vários Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), em Valparaíso de Goiás. A maioria das escolas já deveria estar em funcionamento, e servindo os cidadãos valparaisenses. Cidadãos estes que sofrem com inúmeras mazelas na educação municipal. O ano passado foi marcado pela falta de professores nas instituições municipais de ensino e o fato deixou muita gente revoltada com mais este desmantelo.

“As pessoas que passaram a noite em frente à escola, além de ter enfrentado o frio da madrugada, ainda tiveram que dar um jeito de se proteger da chuva que começou às 4 horas da manhã”, disse Thais Soares ao Alô Valparaíso.

Os pais estão inconformados com a situação e esperam que a prefeita da cidade dê um carinho especial à educação, já que a mesma é professora e deveria conhecer as necessidades da área em Valparaíso. Um pai, também revoltado, relembra uma promessa da Secretária de Obras Cynthia Borges. Ela afirmou em matéria vinculada a TV Anhanguera e disponível no G1 que, até o final do ano de 2015, várias Cmeis com as obras atrasadas ficariam prontas.

“Eu ando por Valparaíso e só vejo terrenos com obras paralisadas. A Prefeitura prometeu a construção de várias creches e o que eu observo são vários elefantes brancos que não saíram do chão. A secretária de Obras prometeu a entrega das creches e até hoje eu não vi nenhuma delas ser inaugurada”, desabafou Antônio Medeiros ao Alô Valparaíso.

Por Marcelo Carlos