(Foto: Divulgação)

Compartilhe esta matéria!

Oportunidades: encontre um emprego para melhorar de vida

Agências do trabalhador oferecem 235 novas vagas no mercado de trabalho. Área da construção civil segue em alta

As vagas para profissionais da construção civil estão em alta. Nesta segunda-feira (3), as agências do trabalhador disponibilizam 50 vagas para ajudantes de serralheiros, gesseiros, ladrilheiros, marceneiros, marmoristas, mestres e serventes de obras, pedreiros, revestidores e serralheiros. O segmento tem 21% das 235 oportunidades em aberto, com salários que podem chegar a R$ 2,5 mil, mais benefícios.

A remuneração mais alta do dia – R$ 3 mil, mais benefícios – é para gerente de produção. O profissional deve ter nível médio de escolaridade e comprovar experiência.

Manicures que trabalham como microempreendedoras individuais também têm chance de  atuar no comércio de serviços. São cinco vagas, sem exigência de experiência prévia.

O mercado ainda oferece, por meio da Secretaria de Trabalho (Setrab), oportunidades para quem concluiu a faculdade de assistência social (1) e para estudantes dos cursos de contabilidade (1) e direito (1).

Atendimento

Os interessados devem ir a uma das 15 agências do trabalhador em funcionamento no DF, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A Setrab reforça que há atendimento remoto para todos os cidadãos, em especial as pessoas do grupo de risco, não havendo a necessidade de atendimento presencial. As vagas de emprego poderão ser acessadas pelo aplicativo do Sine Fácil.

A Setrab também disponibiliza o número de telefone para atendimento em caso de dúvidas referentes a qualquer um dos serviços prestados pela pasta responsável pelas agências do trabalhador: (61) 99209-1135.

Empreendedores que desejam buscar profissionais podem utilizar os serviços das agências do trabalhador. Além do cadastro de vagas, é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Setrab e preencher o formulário na aba “Empregador”.

Confira aqui  as vagas disponíveis.

Alô Valparaíso/ *Com informações da Secretaria de Trabalho