Uma onda de violência tem assustado moradores de Valparaíso (GO), no Entorno do Distrito Federal.

A insegurança vivida causa medo na população, levando muitas pessoas a deixarem suas casas e mudarem para outras cidades. Além de vítimas fatais, muitos assaltos foram registrados nos últimos dias e o fato alarmante é preocupante.

Na última terça-feira (27), duas ocorrências foram registradas pela Polícia Militar (PM-GO). Na ocasião, dois jovens, em locais distintos, acabaram assassinados. Outro rapaz ficou gravemente ferido e foi levado ao Hospital do Jardim Céu Azul. A suspeita inicial aponta para acerto de contas.

Nas redes sociais, os moradores reclamam do alto índice de criminalidade e cobram mais policiamento nas ruas do município goiano. Eles também reclamam de suposta falta de atenção dada pelos governantes para a segurança municipal. Muita gente acusa a prefeita da cidade, Lucimar Nascimento (PT), e principalmente, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), de não procurarem solução para o problema.

“Queremos que os nossos representantes políticos honrem todos os votos e pedimos mais policiais nas ruas. Estamos sentindo uma sensação de impotência diante dessa insegurança na cidade. Não aguentamos mais tanto descaso do governo municipal e estadual”, disse uma moradora que preferiu não ser identificada.

Os policiais civis e militares que atuam em Valparaíso se desdobram, mas o baixo efetivo impede que o trabalho ostensivo e patrulhamentos sejam feito com maior frequência nos bairros.

“Não aguentamos mais tanta violência. Os moradores e comerciantes de Valparaíso pedem socorro. Não aguento mais ver a minha loja sendo roubada”, disse um comerciante que preferiu não ser identificado.

Da Redação