Compartilhe esta matéria!

O café constituiu-se como um hábito cultural

Praticamente todos os brasileiros ao começar o dia tomam uma xícara com café

Não há origem oficial do grão. Entretanto, sabe-se que se trata de uma planta nativa das regiões altas da Etiópia, (Cafa e Enária). Existem algumas histórias que foi um pastor de ovelhas que descobriu o café, quando suas ovelhas comeram do fruto e ele percebeu que os animais ficaram mais animados. O pastor levou os grãos para um religioso para que fosse investigado.

Embora a planta tenha origem africana, foi no Iêmen, região oeste da Arábia, que ela começou a ser cultivada. A história do café, aliás, começa pela criação do nome, que tem origem árabe. Lá a planta era conhecida como Kaweh e a bebida foi denominada como Kahwah ou Cahue, que significa Força.

(Imagem: nacaaogro/Rerodução)

A produção comercial do café também ficou restrita ao Iêmen por um bom tempo. O produto já demonstrava o potencial econômico, em meio ao desenvolvimento da política mercantilista.  As características estimulantes e a possibilidade de apresentar novas drogas, que fossem também consideradas mercadorias competitivas, despontava como uma oportunidade.

Na época, a bebida era consumida principalmente por monges em rituais religiosos pois, os auxiliavam durante as noites de reza e vigília noturna.

Café no Brasil

Os brasileiros devem agradecer sua introdução no Brasil a Francisco de Melo Palheta. Foi ele quem trouxe, em 1727, as primeiras sementes para o cultivo em Belém do Pará.

O café foi o principal produto de exportação da economia brasileira durante o século XIX e o início do século XX, garantindo as divisas necessárias à sustentação do Império do Brasil e da República Velha.

O país é o maior exportador de café no mercado mundial e ocupa a segunda posição, entre os países consumidores da bebida. O Brasil responde por um terço da produção mundial de café, o que o coloca como maior produtor mundial, posto que detém há mais de 150 anos. Conforme dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a cafeicultura brasileira é uma das mais exigentes do mundo, em relação às questões sociais e ambientais, e há uma preocupação em se garantir a produção de um café sustentável.

Alô Valparaíso/