Compartilhe esta matéria!

No Distrito Federal, primeiro dia de testagem detecta 46 pacientes com a Covid-19

Saúde realizou 3.196 testes em cinco locais do Plano Piloto e de Águas Claras

Foi realizado na terça-feira (21), o primeiro dia da testagem em massa para novo coronavírus (Covid-19), no Distrito Federal, por meio do sistema drive thru. Foram testadas 3.196 pessoas e 46 delas testaram positivos para a doença. O atendimento ocorreu por ordem de chegada e, para evitar aglomerações, a população foi atendida dentro dos veículos.

Segundo a Secretaria de Saúde, todos passaram por triagem de temperatura realizada pelo Corpo de Bombeiros, que utiliza câmeras térmicas. Em seguida, a testagem ocorreu com uma simples coleta da gota de sangue do usuário. O resultado saiu em 30 minutos e foi fornecido logo após a aplicação. Aqueles que não apresentavam sintomas não fizeram a testagem.

De acordo com o secretário de Saúde, Francisco Araújo, essa é uma etapa importante. “Brasília tomou todas as providência, antecipadamente, para enfrentarmos o coronavírus e propiciar assistência adequada às vítimas da Covid-19”, salientou.

Em casos mais graves, o paciente diagnosticado pode ser direcionado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), referência em atendimento para a Covid-19.

Durante a ação de ontem, os pontos escolhidos foram o Estádio Mané Garrincha; os estacionamentos 4, 6, 11 e 13 do Parque da Cidade; a Residência Oficial do Governador; e as universidades Unieuro e Uniplan, em Águas Claras.

O serviço ficará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nos pontos determinados pela pasta. A expectativa é de que mais locais sejam abertos nos próximos dias. Para quem compareça aos locais de testagem, é necessário levar documento de identidade e comprovante de residência.

Da Redação do Alô Valparaíso

Primeiro dia testagem em massa. (Foto:Geovana Albuquerque/Agência Saúde)