Pábio Mossoró, 37 anos, vereador de dois mandatos foi escolhido pelo PSDB como candidato a prefeito da sigla nas eleições municipais de 2016. O tucano é considerado pela comunidade, como o único dos treze parlamentares do atual Poder Legislativo, em Valparaíso de Goiás, que se manteve 100% contra as mazelas apresentadas pela gestão da prefeita Lucimar Nascimento (PT), eleita em 2012 com 29.350 votos (56,00%).

Na Câmara de Vereadores, ao longo dos últimos três anos e meio de mandato, Mossoró não deu folga para o governo do Partido dos Trabalhadores e sua base aliada, apresentando inúmeras denúncias e requerimentos. Ele exigiu sempre explicações sobre erros da gestora petista, além de cobrar resolução de muitos problemas visíveis na Infraestrutura, Saúde e Educação da cidade.

Na verdade, Pábio Mossoró nunca deixou a prefeita Lucimar maquiar o fracasso de sua administração. O prefeitável sempre solicitou da base governista petista esclarecimentos, atuando como um vigilante da população na Casa de Leis e exercendo com responsabilidade sua função de fiscalizador. Talvez, por este motivo, hoje o psdbista seja tão atacado por seus adversários, através de injúrias sem nenhum fundamento e politicagem.

Contudo, o combativo candidato do Partido da Social Democracia Brasileira, promete não abaixar a guarda e seguirá defendendo os interesses dos moradores do município localizado no Entorno do Distrito Federal, onde é postulante ao cargo de prefeito e um dos favoritos a assumir a cadeira que hoje pertence a impopular e criticada prefeita Lucimar Nascimento.

“Quando tratamos do futuro da nossa cidade, não existe espaço para a incompetência. É preciso ter seriedade, separar o joio do trigo, e mostrar quem é quem. Valparaíso está cansada de mentiras e não pode mais dar brechas para quem participou do atual governo, pois são pessoas que frearam o progresso e o desenvolvimento em todas as áreas. Eles venderam uma imagem de esperança e tornaram a realidade num filme de terror. Farei sempre oposição aos malfeitores, que tratam a coisa pública de qualquer jeito e que acabam com os sonhos da nossa gente que deseja um lugar melhor para viver”, afirmou Pábio Mossoró.

Por Marcelo Carlos