Compartilhe esta matéria!

Mulher mata outra a facadas após discussão por causa de música interrompida em pizzaria no DF

Corpo de Vaniela Aparecida de Jesus foi sepultado nesta quinta-feira (6). Crime ocorreu na região do Paranoá; caso é investigado como homicídio. 

Uma mulher de 37 anos foi morta a facadas depois de uma discussão em uma pizzaria no Núcleo Rural Café Sem Troco, no último domingo (2), na região do Paranoá. O corpo de Vaniela Aparecida de Jesus foi sepultado quinta-feira (6), no Distrito Federal. O crime é investigado como homicídio.

Segundo as investigações, a vítima, que trabalhava como monitora em uma escola pública, estava em uma pizzaria com a companheira, quando começou a discutir com a agressora – uma mulher que também estava acompanhada da namorada.

Segundo a Polícia Civil, a briga aconteceu depois que uma “música foi interrompida no local”. A corporação não deu mais detalhes sobre o caso. Familiares contaram que a vítima e a suspeita do crime já se conheciam.

Ainda na pizzaria, as mulheres começaram a brigar e, depois, deixaram o estabelecimento. Ainda de acordo com a polícia, Vaniela foi com a companheira até uma distribuidora de bebidas na mesma rua e, nesse momento, a agressora, que também estava no local, apareceu fazendo ameaças à vítima.

No bar, Vaniela foi atingida com três golpes de faca. A companheira da vítima contou no boletim de ocorrência que correu para um matagal para se proteger.

Mesmo ferida, Vaniela fugiu do local de moto para pedir ajuda. Depois, foi levada por familiares até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de São Sebastião, onde ficou internada em estado grave.

A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu na quarta (5). Até a publicação desta reportagem, a suspeita do crime ainda não havia sido localizada. A 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) investiga o caso.

Alô Valparaíso/Com informações