Compartilhe esta matéria!

Mulher forja o próprio sequestro e usa o filho para pedir resgate ao marido, diz polícia

Ela colocou criança chorando ao telefone e pediu R$ 70 mil de resgate, mas foi encontrada por policiais na praça de alimentação de um shopping, acompanhada da criança. Na delegacia, ela confessou que teve a ideia para pagar dívidas.

Uma mulher foi presa em flagrante em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, acusada de forjar o próprio sequestro e do filho, de 3 anos de idade, para pedir resgate ao marido.

Segundo a polícia, Raimunda Souza, de 43 anos, disse que ia levar a criança a uma consulta médica e, horas depois, mandou mensagens para o homem afirmando que havia sido sequestrada e que os criminosos queriam R$ 70 mil pelo resgate.

Para dar mais credibilidade à história, ela colocou a criança chorando no telefone falando com o pai. O marido entrou em contato com a Delegacia Antissequestro (DAS), que descobriu que não havia consulta e que os dois estavam dentro de um shopping.

“Nós fizemos as diligências dentro do shopping e, por volta das 18h, nós a encontramos com a criança na praça de alimentação. Sem nenhum tipo de sequestro, sem estar ameaçada. Ela estava tranquilamente sentada com a criança”, disse o delegado Cláudio Góis, responsável pelo caso.

Na delegacia, Raimunda Souza confessou o crime.

“Nós a conduzimos até a delegacia e ela relatou que estava devendo dinheiro, tinha uma dívida muito grande em cartão de crédito, estava devendo a agiotas e teve a ideia de usar ela e o filho para tirar o dinheiro do marido e quitar a dívida”, afirmou Góis.

Raimunda chegou a ser presa, mas foi liberada. Ela vai responder pelo crime de extorsão em liberdade.

Alô Valparaíso/*Com as informações do G1