Mulher é presa suspeita de matar vítima e carbonizar o corpo em Luziânia

O crime aconteceu no ano de 2016, no setor Mignone II

A Polícia Civil de Goiás cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Mariana Eduardo de Sousa, de 22 anos. Ela é suspeita de autoria em crime de homicídio.

Segundo a PCGO, o crime foi praticado no ano de 2016, no Setor Mignone II, em Luziânia. Na ocasião, Mariana e outros comparsas ceifaram a vida de um homem mediante golpes de faca. Logo após praticar o crime, os autores jogaram o corpo da vítima em um buraco e atearam fogo.

Depois de ser detida pelos grupos de Repressão a Narcóticos (Genarc) e de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Gepatri), Mariana Sousa foi recolhida à unidade prisional da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da PCGO

Na foto, Mariana Eduardo de Sousa, de 22 anos. (Foto: Divulgação/PCGO)

Compartilhe esta matéria!