Compartilhe esta matéria!

Mulher é presa por assaltar e manter ex-mulher do companheiro refém no DF

Outra suspeita de participação no crime também foi detida. Segundo polícia, dupla abordou vítima em parada de ônibus; motivo do crime seria desavença familiar.

Carro usado por mulher para abordar ex-companheira do marido no DF — Foto: PMDF/Divulgação
Carro usado por mulher para abordar ex-companheira do marido no DF — Foto: PMDF/Divulgaçã

Duas mulheres foram presas suspeitas de manter de assaltar e manter uma outra mulher, de 42 anos, refém, na manhã desta sexta-feira (19). Segundo a Polícia Militar, a vítima foi abordada em uma parada de ônibus no Setor Lúcio Costa, no Distrito Federal. Ela é ex-mulher do atual companheiro de uma das suspeitas.

De acordo com a PM, o crime foi motivado por uma desavença familiar. Ao encontrar a vítima, a dupla agrediu e obrigou a mulher a entrar no carro. Os militares foram acionados e iniciaram uma busca pelas suspeitas, que foram encontradas em Samambaia.

No veículo usado por elas, os PMs encontraram pertences da vítima, como bolsa, celular, carteira com documentos e roupas. A dupla admitiu o crime e contou que liberou a mulher no Guará, momento em que os objetos foram roubados.

“Essa desavença entre famílias já vem acontecendo há algum tempo e elas [suspeitas] começaram a planejar esse crime e executaram ele hoje. Foi visível a premeditação, porque elas sabiam a parada de ônibus onde a vítima ia descer, e também sabiam o local de trabalho da vítima”, afirma o segundo-tenente Trajano, que atuou na ocorrência.

As duas suspeitas foram encaminhadas à 26ª Delegacia de Polícia, em Samambaia. Elas foram autuadas por roubo com restrição de liberdade, ameaça e injúria, e permaneceram detidas em flagrante.

Alô Valparaíso/Com as informações G1