Motorista levanta suspeita sobre venda de gasolina adulterada em posto de combustíveis, em Valparaíso de Goiás

“Gasolina adulterada me custou um prejuízo de 800 reais”, disse Thiago Maroca, em texto compartilhado no aplicativo WhatsApp

Um caso que levanta a suspeita sobre a comercialização de gasolina adulterada chegou à Redação do Alô, na última quarta-feira (12/02). Um motorista inconformado denunciou um posto de gasolina localizado às margens da BR-040, no bairro Parque Esplanada II, em Valparaíso de Goiás.

Em mensagem enviada pelo aplicativo WhatsApp, o professor universitário, Thiago Maroca, relatou que abasteceu seu veículo na segunda-feira (10/02) e teve uma grande perda financeira. “A gasolina adulterada me custou um prejuízo de 800 reais. Foram 170 de guincho, 396 de peças e 234 de serviços”, disse.

Segundo Maroca, o gerente do estabelecimento comercial realizou um teste em sua frente. Porém, se negou a fazer com a amostra da gasolina levada por ele. “Alegou falta de caráter do mecânico, que é o mesmo que olha os carros da minha família há anos. Fica o aprendizado, caro. Cautela, meus amigos”, dizia o texto compartilhado.

Da Redação do Alô Valparaíso
gas

Motorista denuncia posto de combustíveis em Valparaíso de Goiás. (Foto: Reprodução)

Compartilhe esta matéria!