Os moradores das Chácaras Ypiranga, comunidade localizada em Valparaíso de Goiás, Entorno do DF, estão revoltados com o atraso de quase nas obras de uma Unidade Básica de Saúde.

A construção da UBS foi inicializada no dia 26/02/2014 com previsão de término em 27/06/2014. No entanto, o prédio segue sem ser finalizado e o fato incomoda os munícipes da região.

“Uma unidade de saúde que poderia estar servindo o povo foi entregue aos marginais. A Prefeitura recentemente veio passar uma tinta amarela nas paredes. Deram uma maquiada na obra e pensam que enganam a gente. Não somos palhaços”, disse a senhora Mirtes Silva.

No bairro vivem milhares de trabalhadores, pessoas carentes de serviços básicos de saúde e que estão cansados dos descasos do governo municipal. O lugar pede socorro e mais atenção dos seus governantes que seguem inertes aos problemas enfrentados por estes valparaisenses abandonados.

“O quadro atual do Ypiranga é este: buracos, lixo, mato e uma UBS com obras atrasadas. Falta saúde, segurança, educação. Não temos uma Prefeita presente na comunidade. Falta tudo”, afirmou a moradora Maria Inês.

A obra atrasada custou inicialmente R$ 472.797,69 e o valor assusta a população. Moradores exigem explicações do governo liderado por Lucimar Nascimento (PT), prefeita eleita em 2012.

 Segundo Celso Alves, no ano de campanha a petista esteve sempre presente na comunidade, e quando ganhou nunca mais voltou.

“Com todo este dinheiro eu construiria três postos de saúde desse modelo. Eu quero saber onde foi parar o recurso? Mas é difícil esperar transparência da prefeita Lucimar. Ela veio aqui, enganou o povo pedindo votos e nunca mais retornou” esbravejou Celso.

Por Marcelo Carlos