Ministro da Educação visita Valparaíso e presta solidariedade aos familiares de coordenador assassinado

Abraham Weintraub garantiu que o Governo Federal ajudará o município no combate à violência

A quinta-feira (02/05) foi marcada pela visita do Ministro da Educação, Abraham Weintraub e de sua equipe ao município de Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Os representantes do governo do presidente, Jair Bolsonaro, estiveram na Escola Estadual Céu Azul, onde se solidarizam com a família do coordenador pedagógico, Júlio Cesar Barroso de Sousa, de 41 anos. O professor de Inglês foi assassinado na última terça-feira (30/04), após discussão com um aluno de 17 anos.

Ao lado da secretária municipal de Educação, o ministro Weintraub repudiou a manifestação de violência e afirmou que o MEC prestará toda a assistência à comunidade escolar para que eventos como este não aconteçam mais na cidade.

De acordo com o novo ministro, o Governo Federal está empenhado no combate de todos os atos de violência e na valorização da educação do país. Ele também disse que os valparaisenses podem ficar tranquilos e que não faltará trabalho para garantir mais proteção aos professores e alunos da região.

Menor confessa ter matado coordenador

No dia seguinte ao crime, o adolescente que é morador da Vila Guaíra, foi localizado pela Polícia Civil de Goiás, no município de Novo Gama. O menor estava escondido numa árvore na casa de familiares.

Hoje, no Juizado de Menores, o suspeito que confessou o crime em depoimento para os policiais que investigam o caso, passou por uma avaliação. Após o procedimento, ficou definido que ele continuará apreendido provisoriamente.

Também nesta quinta-feira, a Polícia Civil informou que a arma utilizada para matar o professor, acabou sendo encontrada em um lote baldio nas proximidades da residência do estudante.

Da Redação do Alô Valparaíso

Ministro Abraham Weintraub visita Valparaíso de Goiás. (Foto: Linice Moreira)

Compartilhe esta matéria!